Sacrifício

Gustavo Luiz Venturelli

Gustavo Luiz Venturelli

Gustavo, 26, biólogo, doutorando em Ciência dos Alimentos. Sou cristão desde criança, e sonho em ver o Brasil adorando a Jesus, sonho em ver a nossa geração transformada e vivendo nos caminhos do Senhor, sonho ver uma revolução através do amor de Deus. Esse é meu objetivo, poder contribuir para que esses sonhos se tornem realidade.

Talvez você goste disso tambem:



9 comentários

  1. Josiane disse:

    Palavra linda. Verdadeiramente sacrificamos muitas coisas pelo “eu” e muitas vez deixamos de fazer o melhor pra Deus. Na atual circunstância estamos acostumados a viver as realizações pessoais e deixamos de lado a vontade de Deus e ignoramos o amor incondicional por nós. Que a ministração traga um despertar ao povo de Deus.
    Que Deus te abençoe e continue te inspirando para que haja um novo tempo.

  2. Olá amado, gostei muito do blog.
    Que Deus continue te usando grandemente!

  3. Jonas Santos disse:

    SEM DÚVIDA O SACRIFICIO DIÁRIO É INERENTE A VIDA CRISTÃ.

    FICO FELIZ EM VER ATITUDES COMO A SUA.

  4. Gilnane disse:

    Valeu Gustavo! Foi muito válido seu texto e seu testemunho, me ajudou a refletir sobre a adoração genuína. Obrigada, aleluia!

  5. Caroline Molina disse:

    O que eu precisava pra hoje…. Voltei domingo do acampamento de jovens da minha igreja, REVIVAL CHURCH FOR THE NATIONS, senti que foi removido de dentro de mim todo e qualquer cancer emocional, pois tive um encontro com o Medico dos medicos, O unico capaz de curar a alma. Sou evangelica desde crianca, sempre na casa do Senhor o servindo de coracao e alma, mas nos ultimos 15 meses me deparo a grandes escolhas que me separa dAquele que um dia me chamou e escolheu, estou tentando voltar, apesar da grande dificuldade que sinto, meu coracao se quebranta facilmente ao ouvir a palavra dAquele que Reina. E posso te afirmar que hoje tenho provado do AMOR desse grande Deus, que me resgatou, que ouviu o gemido do meu coraco, e mesmo eu sem merecer, Ele mas uma vez me perdoou….
    Sou viciada em Korean Dramas, e vim pra internet assitir “My lovely girl”, e decidi dar continuidade ao que aprendi no acampamento, (o tema foi “Pursuit” (Perceguindo).. Apredi que nao deveria buscar a Deus, mas percegui-lO). Entao, vim procurar algo que me ensinasse um pouco mais, entao me deparei a esse site, que fala sobre sacrificio, apesar de fazer teologia e já saber tudo sobre a palavra “Sacrifice”, a simplicidade do texto me tocou profundamente… E hoje decido sacrificar as horas que passo assistindo Korean Drama, para me achegar perto desse Deus que me amou, e que a si mesmo se entregou por mim. Obrigada pelo texto maravilhoso. E peco que me acrescente, se possivel, nas suas oracoes. :) Deus te abencoe Ricamente.
    Caroline Molina, 19 anos
    EUA – Florida

  6. Fabiana Rocha disse:

    Olá gustavo gostei muito do seu blog vou indicar aos meus amigos. Os textos são muito bons.Que Deus continue abencoando a sua vida!

  7. Erika Luize disse:

    Uau, essa palavra falou tremendamente comigo. Pois há alguns dias tiver que abrir mão do que eu mais amava por amor á Deus, não foi fácil e não está sendo, mais já consigo ver á transformação de Deus em mim, abrir mão não porque eu queria, mais sim porque eu sei o Deus que eu sirvo, e grandes coisas ele fará por mim, e através de mim, para glória do nome dele. Não vem de graça, lembre-se!

  8. Jefferson Alves de Amorim disse:

    Amados e muito bom renunciar o que mais gostamos alias oque nossa carne diz que gosta. Hoje vi uma frase bem interessante que dizia “Alimente sua Fé e deixe seus medos morrerem de fome” . Não há vitoria sem luta. Deus os abençoe.

  9. Que benção Gustavo! É realmente difícil sacrificar para Deus, afinal Ele sonda os nossos corações e nenhuma hipocrisia ou falsa santidade irá enganá-lo. A adoração genuína é circuncisão do coração!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>