Mais importante vivo ou morto?

Gustavo Luiz Venturelli

Gustavo Luiz Venturelli

Gustavo, 26, biólogo, doutorando em Ciência dos Alimentos. Sou cristão desde criança, e sonho em ver o Brasil adorando a Jesus, sonho em ver a nossa geração transformada e vivendo nos caminhos do Senhor, sonho ver uma revolução através do amor de Deus. Esse é meu objetivo, poder contribuir para que esses sonhos se tornem realidade.

Talvez você goste disso tambem:



3 comentários

  1. Nathalia disse:

    adorei esse post, muitas vezes esquecemos de honrar as pessoas e quando nos deparamos com algo mais sério, como a morte, começamos a pensar no que poderiamos ter sido naquela vida, meu pastor diz uma frase que não é regra mais eu acho muito certa: ” As pessoas que mais choram nos funerais são aquelas que não souberam dar valor quando estavam em vida e se arrependem de algo que foi feito”. Vamos dar valor agora!

  2. Nossa, muito interessante essa frase. E se pararmos pra pensar, na maioria dos casos ela realmente faz sentido!
    Que aprendamos a dar o valor devido as pessoas ainda em vida!

  3. luis combes disse:

    realmente interressant, agimos assim, nao sei pk? talvez por pensar k nunca vai xgar o dia da morte ou k ela vai avisar kd estiver proximo… estranho assistimos todos dias mortes na tv, e ouvimos tanto nas radios e por ai fora e msmo assim…. realmente e preciso reflectir e mudar de atitude

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>